Gestão no Marketing Digital em organizações “data-driven”

Por o 11 Novembro 2015

Nos dias de hoje em que tudo pode ser medido é importante que, na preparação de qualquer ação em meio digital, estejam determinado quais os seus objetivos principais e como os vamos avaliar, se está a correr como o previsto, ou não, dado que poderemos tomar medidas para conseguirmos, rumar ao objetivo. Para isto acontecer, é muito importante, enquadrar nas equipas de marketing digital, alguém com funções de análise que prepare todo um sistema para podermos medir.


Gestão no Marketing Digital em organizações “data-driven”

O que é isto do “data-driven” e como pode impactar a minha gestão do marketing digital?

As organizações “data-driven” são organizações que baseiam as suas decisões em dados, quer seja na área do marketing digital, quer seja noutra área da empresa.

A gestão e os processos de melhoria continua só são possíveis se, primeiro, estes processos forem “mapeados” e, segundo, se retirarmos conclusões para repetirmos o sucesso, ou para impedir o insucesso. Por outro lado, no campo da melhoria contínua permite-nos ter uma visão sobre o processo.

Nos dias de hoje em que tudo pode ser medido é importante que, na preparação de qualquer ação em meio digital, estejam determinado quais os seus objetivos principais e como os vamos avaliar, se está a correr como o previsto, ou não, dado que poderemos tomar medidas para conseguirmos, rumar ao objetivo. Para isto acontecer, é muito importante, enquadrar nas equipas de marketing digital, alguém com funções de análise que prepare todo um sistema para podermos medir.

 

Artigo4-680x250

 

 

Enquadremos os pressupostos, no marketing digital:

As perguntas que inicialmente se fazem:

  • Qual o objetivo?
    • Entreter e informar (consumo de vídeo, visualização de páginas, aumento do tempo na propriedade digital (micro-site, site, …)
  • Como persuadir o utilizador? (levar o utilizador a fazer uma ação, como subscrever uma newsletter, pedir mais informação, etc)
  • Quando o utilizador vai realizar a comprar online?  (Quando o consumidor faz a compra no website)
  • Quando o utilizador vai realizar a compra offline?  (Quando o consumidor, faz a seleção através da internet e faz a compra numa loja física)
  • Qual o suporte a dar ao utilizador? (dar suporte e ajuda de 1ª linha, de forma a que os consumidores, possam auto ajudar-se e possam submeter o seu pedido de forma expedita.)

Processo – Mapear o “customer journey

Este mapeamento é muito importante para perceber as diferentes etapas:

  • Pesquisa
  • Seleção
  • Decisão
  • Compra

Este processo tem de estar bem suportado para podermos fazer acertos, ou inclusive, mudar de estratégia. Em breve retomaremos este tema.

 

Objetivos de negócio:

  • Aumento das vendas
  • Diminuição do custo da venda
  • Fidelização
  • Custo de suporte

Em resumo, verifique se no início tem as condições, necessárias para execução do controlo que é necessário, assim como a informação de gestão que os diferentes níveis de gestão necessitam, quer ao nível do gestor de marketing, quer ao nível do gestor!

Outra publicação do mesmo tema

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe